Blog

11/07/2014

Governo adia prazo de adesão ao e-Social

adesão-ao-e-Social1-

O Governo adiou novamente o início da obrigatoriedade de adesão ao e-Social. Conhecido também como folha de pagamento digital, o novo sistema irá unificar em um único ambiente online todas as informações trabalhistas e previdenciárias enviadas pelas empresas. Desta vez, como nas prorrogações anteriores, a Receita Federal não divulgou uma nova data para o início da transmissão dos dados ao sistema, que deverá ser determinada após a publicação, pelo órgão, do manual de funcionamento do e-Social.

 

Como o sistema implica em uma mudança significativa nos processos internos dos departamentos de pessoal das empresas, esta prorrogação de prazo foi muito bem recebida pelas corporações, já que terão mais tempo para investir na melhoria de suas estruturas, e assim atender plenamente às novas exigências.

 

Apenas para se ter uma ideia do impacto no dia a dia das organizações, segundo a última versão disponibilizada, quando as novas regras entrarem em vigor, as empresas passarão a ter que informar com antecedência, não apenas aos seus funcionários mas também ao Governo sobre o início do gozo das férias com a antecedência regulamentar de 30 dias.

 

Aos que já se ajustaram às novas exigências, um tempo a mais para novos testes não causarão qualquer transtornos. Já para aqueles que ainda estão alheios às mudanças trazidas pelo e-Social, é dada mais uma chance de ficar em dia com a lei, evitando as sanções prevista em legislação.

Receita Federal ,
SWITCH THE LANGUAGE