Blog

04/11/2011

NOVO AVISO PRÉVIO PODE CRIAR DIFICULDADES PARA JOVENS TALENTOS

Publicada no último dia 13 de outubro, a Lei nº 12.506, que aumentou de 30 para até 90 dias o aviso prévio, conseguiu desagradar os dois lados. Empresários reclamam que a regra aumenta os já pesados encargos trabalhistas e pode estimular a informalidade. Já a Central Única dos Trabalhadores (CUT) disse que a regulamentação é “extremamente inóqua”, pois apenas 1% dos trabalhadores, aqueles com mais de 20 anos de serviço, têm direito aos 3 meses de aviso prévio.

Um ponto pouco discutido até o momento, porém, é que a nova lei cria um entrave para os funcionários que decidem mudar de emprego, visto que o aviso prévio estendido vale tanto para o empregador como para o empregado.

Dificilmente um jovem talento que identificou uma nova oportunidade profissional poderá pleitear mais do que 30 dias para assumir as novas funções e, por isso, acabará tendo que arcar com um prejuízo que pode chegar ao equivalente a 90 dias de salário.

Trabalhista
SWITCH THE LANGUAGE