Blog

10/01/2008

SRF NORMATIZA SERVIÇOS HOSPITALARES PARA EFEITO DE REDUÇÃO DE IR E CSLL

Nem todas as clínicas e nem todos os serviços médicos podem reduzir a base de cálculo do IR de 32% para 8% e da contribuição social de 32% para 12% — benefícios concedidos aos hospitais e serviços similares. A Secretaria da Receita Federal – SRF, publicou, no último dia 10 de dezembro, ato declaratório normatizando o enquadramento no conceito de serviços hospitalares.

Para ter direito à redução da base de cálculo, os estabelecimentos precisam, entre outras exigências: (1) dispor de estrutura material e de pessoal destinados a atender a internação de pacientes; (2) garantir atendimento básico de diagnóstico e tratamento, com equipe clínica organizada e com prova de admissão e assistência permanente prestada por médicos; (3) possuir serviços de enfermagem e atendimento terapêutico direto ao paciente, durante 24 horas, com disponibilidade de serviços de laboratório e radiologia, serviços de cirurgia e/ou parto, e registros médicos organizados para rápida observação e acompanhamento dos casos.

Os serviços prestados na área de urgência, realizados por meio de UTI móvel em ambulâncias ou aeronaves de suporte médico, também se enquadram na determinação.

Planejamento tributário
SWITCH THE LANGUAGE